PocketStation – O VMU da Sony

Não é novidade nenhuma que, no mundo dos games e fora dele, sempre que uma boa ideia surge, outras empresas correm atrás para fazerem sua ‘versão’ da novidade. Com a Sony isso nunca foi diferente. Provavelmente o caso mais recente dessa ‘técnica’ tenha sido com o PS Move, que foi lançado após o enorme sucesso do Wii e seus controles de movimento. Porém não é sobre essa história que vamos falar hoje, e sim sobre o ‘VMU da Sony’, o pouco conhecido PocketStation.

Antes de entrarmos no tópico de hoje, é necessário conhecermos o VMU (Visual Memory Unit) da Sega para o Sega Dreamcast. Um dos grandes diferenciais dessa memory card é que ele tinha uma tela LCD monocromática embutida, CPU própria, som e também botões. O maior diferencial deste memory card é que os jogos poderiam utilizar a tela embutida para dar ao jogador uma visão do que estava passando durante o gameplay e também adicionar mini-games, que poderiam ser jogados diretamento no VMU, sem a necessidade do console.

Resultado de imagem para vmu dreamcast
Sega VMU

Vendo a ótima recepção que o VMU recebeu com o lançamento do Dreamcast, a Sony não quis ficar para trás e logo começou a desenvolver a sua própria versão do VMU para seu console de mesa, assim nascendo o PocketStation.

Lançado exclusivamente no Japão em Janeiro de 1999 (1 ano depois do VMU), o PocketStation se provou um sucesso, esgotando rapidamente em todo o Japão. A promessa era que o aparelho além de ser um memory card para o Playstation também iria cumprir a função de um PDA. Contando com uma CPU mais robusta que a do concorrente, capacidade de comunicação por infravermelho (que permitia a comunicação direta com outro PocketStation), som aprimorado e outras firulas técnicas.

Todo o software disponível para o aparelho era instalado através do próprio Playstation e assim como o VMU, o PocketStation também possuía a capacidade de rodar mini-games, que muitas vezes eram extras de jogos completos do Playstation, como é o caso dos mini-games de Final Fantasy VII, Ape Escape, Crash Bandicoot 3: Warped, Mega Man e vários outros.

Resultado de imagem para pocketstation
O PocketStation tinha um visual semelhando aos famosos Tamagochis

Apesar de tudo estar ótimo para a Sony, o PocketStation nunca foi lançado fora do Japão, em grande parte por conta da escassez que o aparelho viu dentro do Japão, inviabilizando um lançamento em grande escala. Sendo descontinuado em 2002 após vender aproximadamente 5 milhões de unidades.

Resultado de imagem para pocketstation
O jogo mais popular do PocketStation foi Dokodemo Issho, primeiro jogo estrelado pelo mascote Toro

E você, já conhecia o PocketStation?

*Curiosidades: Originalmente ele foi lançado em apenas 2 cores, brando e transparente.

A alimentação do aparelho era feita a partir de uma bateria CR-2032.

Em 2013, o Playstation Vita recebeu um app que emula o PocketStation, esse app é exclusivo da loja japonesa e pode ser encontrado aqui.

Um dos poucos jogos exclusivos para PocketStation é Pocket Dungeon, o CD era necessário apenas para a instalação do software no aparelho. Como o nome já sugere, o jogo é um dungeon crawler em primeira pessoa.

Resultado de imagem para pocket dungeon ps1

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: