Gaball Screen (PS1)

Sempre que falamos de algum titulo exclusivo japonês já podemos nos preparar para jogos bizarros. Mas e quando juntamos toda bizarrice japonesa com a mentalidade do mundo dos anos ’90, o que pode sair? Nada mais do que o jogo Gaball Screen, que vamos conhecer um pouco mais hoje.

Antes de começarmos a falar do jogo, é necessário que você esteja familiarizado com Tetsuya Komuro, produtor musical dos anos 90 que trabalhou em diversos projetos (de grande sucesso) no japão e que também ajudou a introduzir a dance music nas terras nipônicas, dando forma ao o que viria a ser o J-Pop dos anos 2000.

Resultado de imagem para Tetsuya Komuro
Tetsuya Komuro

Para acompanhar o grande sucesso que estava tendo em sua carreira profissional, Tetsuya decidiu em produzir um game: Gaball Screen, lançado em 1996, produzido por Tetsuya e um desconhecido estúdio chamado System Sacom (que sumiu do mapa após a produção do titulo) e publicado pelo selo Antinos Records, que nunca havia publicado nenhum games, tendo em seu portfólio apenas singles. Apesar de ter encabeçado o projeto, ele só aparece na cena de abertura do jogo (que é bizarra), mostrando o artista em uma sala em CG totalmente anos ’90 apenas fazendo suas atividades mundanas, apenas para depois o jogo voltar a atenção para um tênis, presente recebido por Tetsuya e que magicamente vem a vida assim que ele sai do apartamento. Após toda essa fantástica experiência que só os japoneses poderiam nos dar, o jogador é levado ao menu, onde pode optar por começar um jogo novo ou carregar.

Resultado de imagem para Gaball Screen
Tetsuya abrindo o que virá a ser o personagem do jogo.

Se até agora nada fez sentido para você é porque o jogo em si tem uma história simples: após acordar, o tênis faz com que alguns CDs sejam absorvidos pela televisão e jogados em diversos mundos (que o jogador vai explorar). O jogador controla o tênis mágico e deve percorrer diversos locais durante o gameplay para conseguir recupera-los. Tudo começa no apartamento, que você pode explorar livremente porém não encontra muita coisa, a aventura realmente começa quando você voa com o tênis dentro da televisão do apê e é recebido por uma tela que lembra muito os players antigos de computador (saudades Winamp). Agora o jogador deve escolher a música que gostaria de escutar, o jogo conta com um total de 7 músicas, todas produzidas pelo próprio Tetsuya Komuro. Ao escolher a música o jogador será transportado para um dos diversos mundos que o jogo tem e deve explorar/interagir com tudo e todos até recuperar todos os CDs daquela área para poder ser transportado para a próxima.

Resultado de imagem para gaball screen

Analisando de longe, fica claro que Gaball Screen foi produzido com o intuito de tornar ainda mais conhecido o já famoso artista Tetsuya Komuro. O jogo é bizarro porém divertido. Eu sempre gostei de jogos onde o único objetivo é a exploração, e apesar deste ser um exemplo bem ‘surrealista’ deste gênero, vale a pena ser jogado.

Este slideshow necessita de JavaScript.

E você, já conhecia esse jogo? O que achou sobre a ideia de controlar um tênis?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: