Sharp X68000 – O arcade caseiro

Desde as primeiras gerações de videogames os computadores pessoais (PC’s) sempre foram conhecidos por serem mais potentes que os consoles. O que não faltam são exemplos dessa superioridade: Commodore 64, ZX Spectrum, MSX, FM-7 e muitos outros. Hoje vamos falar sobre uma dessas máquinas que é pouco conhecida por gamers: O Sharp X68000. Desenvolvido em uma época onde as empresas tentavam recriar a experiencia dos arcades no ‘conforto de sua casa’

Por ser um computador, o Sharp X68000 não se encaixa em uma geração especifica de consoles, porém, pode se dizer que ele foi lançado durante a quarta-geração e por isso tinha um grande apelo ’16-Bits’ em seus ports.

Lançado em 1987 pela Sharp Corporation (a mesma das televisões e vídeo cassetes que faziam sucesso aqui no Brasil), o Sharp X68000, também conhecido como X68k, é um computador exclusivamente Japonês que tinha como diferencial o seu hardware extremamente similar ao de um arcade da época: em seu primeiro modelo contava com uma CPU de 10 MHz da Motorola (a famosa CPU 68000, que dá nome ao computador), 1 MB de RAM, 2 drives de disquetes 5″1/4 e alguns outros pontos técnicos que podem ser encontrados aqui. O sistema também conseguir reproduzir áudios com qualidades iguais a de CD’s.

O X68000 também rodava o seu próprio sistema operacional: o Human68k, desenvolvido pela Hudson Soft (que também foi co-criadora do computador) e Sharp. O sistema é muito similar ao famoso MS-DOS e também contava com uma interface gráfica chamada de VS (Visual Shell), sendo mais tarde substituída pela Sx-window.

Resultado de imagem para visual shell x68000
A interface VS em funcionamento no X68000

Um aspecto muito curioso deste computador é o seu design: com um gabinete que remete as famosas ‘torres gêmeas’ e uma alça, providencialmente colocada no meio das torres para facilitar a manipulação do computador.

Resultado de imagem para sharp x68k
X68k rodando o clássico R-Type

Infelizmente essa máquina era, e ainda é para poucos, com um preço inicial de ¥369,000 (algo em torno de 3000 dólares em 1987, ou 6000 em 2012), um preço extremamente alto para a época e ainda para os dias de hoje. Caso você tenha interesse em adquirir uma dessas belezinhas, já comece a prepara o bolso, você dificilmente encontrará um destes por menos de 4000 reais!

Mas agora vamos ao que realmente importa: os games! Por contar com um poderoso hardware (tão poderoso que era utilizado no desenvolvimento de jogos da placa CPS, da Capcom), ele tem uma vasta biblioteca de conversões praticamente perfeitas de grandes clássicos dos arcades, recebendo também uma infinidade de jogos independentes (Dōjinshi) e exclusivos. De todos os jogos lançados para o sistema, vale a pena citar:

Akumajō Dracula (Konami – 1993): Clássico da série Castlevania exclusivo do X68k até 2001, quando foi refeito para o Playstation em Castlevania Chronicles. O jogo nada mais é do que mais um remake do jogo original (lançado em 1986).

Resultado de imagem para Akumajou Dracula (X68000)Resultado de imagem para Akumajou Dracula (X68000)

Geograph Seal (Exact – 1994): Se lembra de Jumping Flash do PS1? Pois bem, Geograph Seal foi o precursor deste clássico e que já trazia mecânicas similares e gráficos 3D ao poderoso computador da Sharp.

Resultado de imagem para Geograph Seal coverResultado de imagem para Geograph Seal cover

Akazukin Cha Cha Cha (Sprite – 1995): Shmup em que você controla Chapeuzinho vermelho, lembra o clássico Cotton.

Cho Ren Sha 68K (Famibe no Yosshin – 1995): Shmup independente desenvolvido por Koichi Yoshida (Famibe). Apesar de não ser mais um exclusivo do X68k, este game é uma excelente demonstração do que pode o computador pode fazer nas mãos certas.

Resultado de imagem para Cho Ren Sha 68K x680005RTEvqos50m

Star Wars: Attack on the Death Star (Victor Musical Industries, Inc. – 1991): Um clássico da série Star-Wars. O jogo é baseado no filme ‘Uma Nova Esperança’ e traz os gráficos wireframe, que lembram muito o clássico Star Wars Arcade. Apesar de não ser um exclusivo do console, sua melhor versão pertence ao X68k.

e1LJkc7nRrPResultado de imagem para Star Wars Attack On The Death Star x68000

Mesmo contando com um hardware de ponta, o computador nunca desbancou o seu principal concorrente, o NEC PC-98 e foi descontinuado em 1993, porém, ao longo de seu tempo de vida recebeu diversos modelos e melhorias que o tornavam ainda mais poderoso.

Caso você queira conhece-lo (mas não quer desembolsar toda a grana que custa um desses), a melhor opção é a emulação, hoje em dia emuladores como o XM6 TypeG já conseguem fazer o trabalho sem grandes perdas em qualidade.

E você? Já conhecia o Sharp X68000?

3 comentários em “Sharp X68000 – O arcade caseiro

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: