Playstation Net Yaroze – Vamos fazer juntos?

Você já pensou em criar seu próprio game? Com certeza o sonho de todo fã de videogames é criar o próprio jogo, seja por passarmos horas e horas de nossas vidas jogando ou por termos alguma ideia que com certeza iria revolucionar o mercado para sempre. Pensando exatamente nesse público a Sony lançou o Playstation Net Yaroze, um curioso kit de desenvolvimento do console Playstation para que o publico final (jogadores como eu e você) pudessem desenvolver seus próprios games.

Resultado de imagem para net yaroze

Lançado em 1997 (3 anos após o lançamento oficial do Playstation), pelo preço aproximado de $750 USD, o Net Yaroze não é apenas uma linda versão preta do já conhecido console da Sony, mas sim uma poderosa ferramenta que fazia com que qualquer pessoa, com o conhecimento (linguagem C) e hardware (IBM-PC, MAC ou NEC PC-9801) necessário, desenvolvesse seus próprios jogos. Comercializado exclusivamente pela Sony na Europa, Estados Unidos e Japão, o console contava com pouca diferença entre as versões uma vez que não possuí trava regional.

O conteúdo que acompanhava o kit era vasto: Um console Playstation Net Yaroze, 2 controles, cabo de força/AV, 1 cabo para ligar o console no computador (Serial), 1 CD com o software de desenvolvimento, 1 CD de boot para o sistema, 1 access card e 3 manuais contendo tudo o que você precisa saber para começar o desenvolvimento no console. Apesar de ser totalmente direcionado ao publico final, não era tão simples de ser utilizado, uma vez que exigia um bom domínio de desenvolvimento e programação; e não contava com o principal diferencial do kit de desenvolvimento oficial do Playstation: a possibilidade de rodar jogos gravados. Isso fazia com que todo o conteúdo do jogo desenvolvido na plataforma fosse armazenado diretamente na memória RAM, que era a mesma do console vendido, 2Mb. Após algum tempo os jogos começaram a ser disponibilizados nos CD’s de demos que acompanhavam a revista Playstation Magazine, fazendo com que outros jogadores pudessem ter acesso e conhecer estes jogos.

Apesar de contar com poucos jogos desenvolvidos utilizando a plataforma (que hoje podem ser rodados diretamente dos emuladores), podemos destacar alguns, como:

Blitter Boy (Chris Chadwick)

Resultado de imagem para Blitter Boy net yaroze

Super Bub (Alex Herbert)

Resultado de imagem para super bub net yaroze

Terra Incognita (Team Fatal / Mitsuru Kamiyama)

Resultado de imagem para terra incognita net yaroze

TimeSlip (David Johnston & Mike Goatly)

Resultado de imagem para Time Slip net yaroze

Yarozians (John Wojcik Quietbloke)

maLgtnssT7G

Mesmo sendo uma plataforma difícil de se desenvolver, foi o começo de alguns profissionais do ramo que depois foram contratados por grandes empresas, como Mitsuru Kamiyama, desenvolvedor do jogo Terra Incognita, contratado pela Square Enix e David Johnston, um dos desenvolvedores do jogo TimeSlip foi trabalhar para a Rare.

Obviamente o cenário tecnológico da época era completamente diferente do que é hoje, onde conseguimos desenvolver um jogo apenas assistindo vídeo aulas no Youtube e temos serviços como o kickstarter ou a Steam Greenlight para ajudar na divulgação, mas para a época a ideia foi muito boa e com certeza deu o pontapé inicial para que as empresas dessem mais valor aos jogos indies nos consoles, especialmente a Sony, que o faz até hoje.

IMG_2861
Net Yaroze na Game ON

*Curiosidade: Yaroze significa “Vamos fazer juntos” em japonês, ideia que predominava nessa plataforma.

Abaixo algumas fotos do kit “oficial” de desenvolvimento do PS1.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: